Sigua-nos por E-mail

quinta-feira, 30 de março de 2017

A vida...





"Aquele momento que você para e pensa, que que eu to fazendo da vida, será que me formei na área certa, pois recentemente descobri que daria uma ótima advogada se seguisse o ramo, mas não uma simples advogada mas sim aquela que convence que o bandido é inocente e o morto é o culpado, confesso que tenho medo desse lado meu que descobri recentemente pois esse lado maquiavélico e é complicado, mas também descobri que daria uma ótima detetive talvez seja pelo fato de ter me formado em SI ou ter um livro chamado "Universidade Hacker" vai entender, mas como sou meio louca estou aperfeiçoando esse meu lado e estou fazendo cursos de detetive e perito digital, talvez seja falta de ter o que fazer, vai entender, não me contentando com isso resolvi me aperfeiçoar em mecânica já sei cada probleminha que meu bebê da e o que falar pro médico dele, parte elétrica dele também não é problema é como dizem carro de mulher você acha de tudo no meu acha mesmo, o essencial, óleo de freio, óleo de motor, água, papel, tudo que ele precisa ele tem, sem contar que aprendi a limpar o corta fogo é uma coisa muito legal de se fazer, é talvez eu esteja perdida em meio a minha profissão, já que a área que eu estudei abrange muitas coisas, talvez meu carro forte mesmo seja Marketing pois taí uma coisa que eu sei fazer bem, pois criei uma marca que ficou na boca do povo no ápice da loucura que foi o meu TCC, isso não é pra qualquer um, mas fazer o que né marketing é assim, você faz as pessoas acreditarem no que você quer que elas acreditem, sem dúvidas marketing é fascinante, é talvez eu siga esse ramo porque sem dúvidas foi amor à primeira vista, pois não adianta você gostar do que faz, você tem que amar aquilo que você faz, e eu amo pegar aquilo que não é nada e transformar em algo.

É realmente eu não escolhi a profissão errada podem falar o que quiserem, fiz técnico em web e lá peguei gosto por marketing, na faculdade tive a confirmação disso, então não preciso de pessoas me julgando pelo meu jeito de levar a vida, gosto de aprender coisas nova tudo que faço faço com gosto, se tiver que aprender coisas novas vou aprender porque a vida é assim, você não pode ficar parado, em 1 ano e 3 meses que estive parada tive muito tempo para refletir sobre a vida, cai em depressão ao ponto de não querer ver ninguém, por me sentir inferior aos outros, por deixar que o preconceito dos outros abalasse o meu jeito de ser, se escolhi uma profissão que é de homem é porque me apaixonei por ela, não porque eu seja lésbica como muitos pensam, pois eu não sou, sou apenas uma pessoa discreta.
Mas é o  que dizem quem tem luz própria incomoda não tenho culpa de incomodar muito e a respeito da minha sexualidade ninguém tem nada haver com isso, e se forem dar ouvidos vão ficar loucos, pois uma hora falam que sou lésbica, outra que eu sou biscate, já nem dou mas ouvido para o que esse povo fala, eu sei o que sou, quem eu sou e que eu gosto de homens, e depois de um tempo você deixa de dar ouvido a uma sociedade medíocre, hipócrita  e machista.

Mas resumindo tudo isso não se deixe levar pelo que os outros falam, a vida é complicada sim, não é fácil, você vai ter muitos momentos de incertezas sim, mas a vida é assim, no meu caso eu deixei as pessoas falarem que eu passei os últimos 22 anos estudando ato, e eu acreditei nisso, então eu cai, não faça o eu fiz, pois eu tive ajuda para sair do buraco que me meti, talvez você não tenha, pois a gente acha vários que nos empurraram no buraco, mas poucos nos tiraram de lá."  


Por: Jennifer Pereira de Almeida

Escrito no dia 30/03/2017.

sábado, 18 de março de 2017

Não me peça pra mudar...



"Não me peça pra mudar... Eu sou assim, metade menina metade mulher, metade sonho e a outra metade o que poderia ser além de sonho? 

Sou pura sensibilidade, poesia em prosa ou em verso, sou esse universo de pieguice literária. Sou a falta de vergonha de dizer quem sou. Sou impulsiva. Quando falo, falo muito, quando irrito querem me matar... Quando não o querem, me amam! Sou essa potencialização de sentimentos. Hora explodo para não implodir, hora nada detono. Sou intensa. Tudo quero muito quando quero... Quando não gosto, desprezo. Quando amo, amo MUITO.

Não me peça pra mudar... Eu sou assim, metade grande e a outra metade? Crescendo! 

Sou completamente destemida, não penso duas vezes quando quero colo, peço! Sou contrária a certas regras impostas onde fortes são os que não se curvam. Sou flexível. Irremediavelmente pronta a ceder. Sou frágil, quebro a toa, mas sou teimosa, me conserto, remendo, emendo, colo, costuro... Sou criativa! 

Não me peça pra mudar... Eu sou assim" 


Por: Vivianne Barreto.

Uma vez me disseram que sou forte...



"Uma vez me disseram que sou forte, e parei pra pensar quando foi que eu decidi que ia ser assim. Nem reparei o momento em que blindei meu coração e determinei que certas coisas não o atingiriam mais, só sei que o fiz. E já passei por situações tão terríveis que quis morrer, mas suportei, me concentrando na ideia de que a dor sempre passa. E embora leve essa força aqui, a fragilidade a acompanha. Sou forte, mas choro. Não preciso esconder o que sinto, embora pareça mais seguro. Porque eu penso que a gente deve tentar, deve ir. Quem não vai não sente, não vive. Decidi: forte é quem não se esconde. Quem encara. Se já quebrei a cara por isso? Várias vezes. Mas acredito. Sempre! Não uma Fé cega, mas Esperançosa. Porque dentro de mim há sempre aquela mania de acreditar que todo mundo tem um lado bom. “Tem que ter algo bom, essa pessoa não pode ser essa merda toda”. Pode parecer loucura, mas eu penso com o coração. E coração não pensa. Quando vê, já foi. Já fui." 

Por: Autor Desconhecido.

Não é triste o fim do amor?



“Lucia disse que amava Pedro. 3 meses depois percebeu que era só atração. Mariana declarou amor á Lucas e disse “foi Deus quem me deu você”. 6 meses depois o namoro acabou e ela disse que foi “livramento de Deus”. Rafael mandou flores á Vanessa e prometeu ama-la pra sempre. 8 meses depois sentiu que o sentimento se esvaiu pois Vanessa não correspondia á todas as suas expectativas. Jonas, casado há 5 anos com Marta, que havia declarado o famoso “até que a morte nos separe”, pediu divórcio pois não aguentava mais o jeito da mulher. Não é triste o fim do amor? Não. O amor só termina quando nunca começou.” 

Por: A menina e o violão.

quinta-feira, 16 de março de 2017

O Homem no mundo


"Um sentimento de piedade deve sempre o coração daqueles que se reúnem sob os olhos do senhor e imploram a assistência dos bons Espíritos. Purificai, pois os vossos corações; não deixeis neles aqueles a quem chamais, a fim de que, encontrando em vós as disposições necessárias, possam lançar profundamente a semente que deve germinar em vossos corações e nele dar frutos de caridade e de justiça.
  Não creiais, todavia, quem em vos exortando sem cessar à prece e à evocação mental, nós vos exortamos a viver uma vida mistica que vos mantenha fora das leis da sociedade em que estais condenados a viver. Não vivei com os homens de vossa época, como devem viver os homens; sacrificai às necessidades, mesmo às frivolidades do dia, mas sacrificai-as com um sentimento de pureza que as possa santificar.
Fostes chamados a entrar em contrato com espíritos de natureza diferente, de caracteres opostos; não choqueis nenhum daqueles com os quais vos encontrardes. Sede alegres, sede felizes, mas da alegria que dá uma boa consciência, da felicidade do herdeiro do céu contando os dias que o aproximam de sua herança.
A virtude não consiste em tomar um aspecto severo e lúgubre, em repelir os prazeres que as vossas condições humanas permitem;basta informar todos os atos da vida ao Criador que deu essa vida; basta quando se começa ou acaba uma obra, elevar o pensamento até esse Criador e lhe pedir, num impulso d'alma, seja sua proteção para ser bem sucedido, seja sua benção para a obra terminada. O que quer que fizerdes, remontai até à fonte de todas as coisas; nada façais sem que a lembrança de Deus venha purificar e santificar os vossas atos.
A perfeição está inteiramente, como disse o Cristo, na prática da Caridade absoluta; mas os devedores da caridade se estendem a todas as posições sociais, desde a menor até a maior. O homem vivesse só, não teria caridade a exercer; não é senão no contato com os semelhantes, nas lutas mais penosas, que disse encontrar ocasião. Aquele, pois, que se isola, priva-se voluntariamente do mais poderoso meio de perfeição; não tendo que pensar senão em si, sua vida é a de um egoísta.
Não imagineis, pois, que para viver em comunicação constante conosco, para viver sob o olhar do Senhor, seja preciso envergar o cilício e se cobrir de cinzas; não, não, ainda uma vez; sede felizes segundo as necessidades da humanidade, mas que em vossa felicidade não entre jamais nem um pensamento, nem um ato que pessoas possa  ofendê-lo, ou fazer valer a face daqueles que vos amam e que vos dirigem. Deus é amor e abençoa aqueles que amam santamente."

Por: UM ESPIRITO PROTETOR, Bordéus, 1863.

terça-feira, 14 de março de 2017

Nada acontece por acaso...



"Nada acontece por acaso e um grande amor de vidas passadas sempre aparecerá no momento mas oportuno."

Por: Autor Desconhecido.